Home / Destaque / Para não descobrir traição ao marido, mulher diz que foi estuprada quando fazia caminhada

Para não descobrir traição ao marido, mulher diz que foi estuprada quando fazia caminhada

Uma mulher de 41 anos pode responder por comunicação falsa de crime após registrar um boletim de estupro, nessa terça-feira (28), em Pedra Azul, no Vale do Jequitinhonha. A dona decasa tentou esconder a traição do marido. 

De acordo com a Polícia Militar, J.J.B procurou uma companhia da corporação e disse que, durante uma caminhada, foi abordada por uma homem na avenida Inhaúmas. O “estuprador”, que estava em uma caminhonete, teria a obrigada a entrar em seu veículo. A mulher ainda teria sido ameaçada de morte.

Após a queixa, militares fizeram rastreamento na região e conseguiram localizar R.P.S, de 42 anos. O homem confirmou aos policiais que transou com J.J.B. No entanto, o suspeito contou outra versão. A suposta vítima não teria sido forçada.

O casal se conheceu há 20 anos e, há alguns meses, se reencontraram e resolveram retomar o namoro. Eles já trocavam várias mensagens pelo celular e pelo Facebook. Nessa terça, os amantes resolveram passar um dia juntos. A história foi confirmada pela dona de casa.

Depois que foi deixada em casa, para que o marido não desconfiasse, a mulher resolveu registrar a queixa. J.J.B alegou que estava com medo que a traição viesse à tona. A ocorrência foi encerrada na delegacia da cidade e caberá à delegada decidir se ela será indiciada. (jornalmontesclaros.com)

 

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Scroll To Top