Home / Destaque / Homem que matou Capeta poderá ser extraditado de Portugal para cumprir pena em Bocaiúva
Homem que matou Capeta poderá ser extraditado de Portugal para cumprir pena em Bocaiúva

Homem que matou Capeta poderá ser extraditado de Portugal para cumprir pena em Bocaiúva

Soma das penas (2)

20.07.2013 – Em julgamento, nesta sexta-feira (19), no Fórum José Maria de Alkmim, em Bocaiúva, o réu Nilson Gomes da Silva, de 30 anos, foi condenado a 6 anos de reclusão em regime semi-aberto, pelo homicídio de Angélico José Ferreira, conhecido por Zé Capeta. A sentença foi anunciada pelo juiz Drº Daniel Leite Chaves, da 1ª Vara Criminal da comarca de Bocaiúva, por volta das 16:30 h. Na acusação trabalhou o promotor de Justiça, Drº Ilio Jeferson de Souza, e na defesa o advogado Drº Mailson Ferreira de Almeida.

O proprietário do bar onde ocorreu o fato, José Augusto de Souza, prestou depoimento como testemunha, enquanto, I.S.P, esposa da vítima e prima da mulher do autor, pronunciou-se como informante. O réu se encontra trabalhando em Portugal e não compareceu ao julgamento. Nilson respondeu o processo em liberdade.

O homicídio ocorreu no ano de 2.007. De acordo com os autos do processo, no dia 22 de janeiro daquele ano, por volta das 23:30 h, em um bar, na comunidade de Machados, no município de Bocaiúva, Nilson Gomes da Silva, utilizando de um revólver calibre 38, efetuou disparos que acertaram Zé Capeta na cabeça e no abdômen, provocando sua morte. Outros disparos também acertaram o teto do estabelecimento. A vítima deixou a mulher com sete filhos.

O advogado do réu, Maílson Ferreira de Almeida, conseguiu a desclassificação de homicídio qualificado para legítima defesa, o que resultou na pena mínima possível para o seu cliente. O crime seria motivado por rixa entre o autor e a vítima, e estaria ligado a uma desavença devido a uma negociação de uma motocicleta que pertencia a Zé Capeta. Em entrevista à Rádio Clube AM, de Bocaiúva, o juiz frisou que será feito o pedido de extradição do réu de Portugal para o Brasil, caso não se apresente à Justiça. (ANTONIO CÉLIO)

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Scroll To Top