Home / Destaque / Estudos sobre tremores de terra: Unimontes recebe missão japonesa
Estudos sobre tremores de terra: Unimontes recebe missão japonesa

Estudos sobre tremores de terra: Unimontes recebe missão japonesa

A Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) recebeu, na manhã desta segunda-feira (18/03), a visita de missão japonesa que está na cidade para participar do seminário internacional sobre a gestão do risco de desastres – tremores de terra. Acompanhada pelo coordenador Estadual de Defesa Civil e chefe de Gabinete Militar do Governador, coronel Luiz Carlos Martins, a comitiva asiática foi recebida pelo reitor João dos Reis Canela, vice-reitora Maria Ivete Soares de Almeida e integrantes da gestão superior, em encontro realizado na Sala dos Conselhos (prédio da Reitoria).

A missão japonesa é formada por quatro professores e especialistas, entre os quais a supervisora de Educação em Prevenção de Desastres do Centro de Pesquisas e Mitigação de Desastres da Universidade de Nagoya, professora Hiroko Kondo; e o diretor assistente da Prevenção de Desastres e Gerenciamento de Crises do Governo da Província de Aichi, Hideki Fukunaga. Também integrou o grupo o representante da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) no Brasil, Chiaki Kobayashi.

O coronel Luiz Carlos Martins destacou que, desde o tremor de 4.2 graus na Escala Richter, ocorrido no dia 19 de maio do ano passado, em Montes Claros, o Governo do Estado reforçou os trabalhos no sentido de monitorar e aprofundar estudos sobre o fenômeno. “A parceria com a Unimontes foi fundamental para a instalação dos sismógrafos em Montes Claros”, afirmou o coordenador estadual de Defesa Civil.

Missão Japonesa

Fotos: Andrey Librelon

Trabalho no Estado

Ele salientou que o Governo Estadual também planejou a adoção de medidas para preparar e tranquilizar a população. Para isso, além formalizar parcerias com o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UnB) e com o Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), iniciou os entendimentos com a Universidade de Nagoya, por intermédio da Agência de Cooperação do Japão. Em julho, uma equipe da Cedec esteve no Japão, onde participou de treinamento sobre ações preventivas de desastres.

O reitor João Canela ressaltou que a Unimontes, com o apoio do Governo do Estado, desenvolve os trabalhos para o monitoramento e aprofundamento dos estudos sobre os abalos sísmicos ocorridos em Montes Claros e na região. Em parceria com o Observatório Sismológico da UnB, a instituição vai implantar o Núcleo de Sismologia, que será sediado em área do Parque Estadual da Lapa Grande. Aliás, a UnB e a USP divulgaram, na última semana, o estudo sobre os abalos registrados em Montes Claros entre maior e outubro do último ano.

“Agora, com a visita da missão japonesa, acontecem ações concretas para que a população receba os esclarecimentos necessários sobre os tremores e possa conviver com os fenômenos”, disse ele, destacando também a importância da visita dos especialistas da Universidade de Nagoya.

Por sua vez, a supervisora de Educação em Prevenção de Desastres do Centro de Pesquisas e Mitigação de Desastres da Universidade de Nagoya, Hiroko Kondo, destacou que o objetivo da missão é o repasse das informações para os moradores sobre todas as ações que devem ser adotadas em caso de ocorrência de tremores.

Importância das universidades

“A proposta é de estender as informações a toda comunidade. Queremos levar a orientação às crianças, pois elas representam o nosso futuro. Desta forma, no futuro, teremos pessoas preparadas para a convivência com os tremores”, afirmou. Para ela, o envolvimento de uma Universidade, no caso a Unimontes, nesse tipo de estudo é de suma importância. No Japão, por exemplo, todos os trabalhos relacionados aos abalos sísmicos contam com a participação de uma instituição de ensino superior.

Já o representante da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) no Brasil, Chiaki Kobayashi, ressaltou a relevância da parceria entre o governo japonês e o Governo de Minas, visando as medidas para prevenção de desastres. (ASCOM UNIMONTES)

Um comentário

  1. Pedro.
    Você continua o mesmo, ou seja, fazendo a diferênça ai na minha querida Boc.
    Parabens por este ótimo veiculo de comunicação.
    Vindo a Brasília, favor me avisar, para que possamos reunir a galera.
    Abcs
    Genes

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Scroll To Top