Home / Destaque / Desperdício do SAAE compromete o abastecimento de água em Bocaiúva
Desperdício do SAAE compromete o abastecimento de água em Bocaiúva

Desperdício do SAAE compromete o abastecimento de água em Bocaiúva

 

“FAÇA O QUE FALO, NÃO FAÇA O QUE FAÇO”

 

Com a vazão do córrego do Onça baixando, devido à longa estiagem que assola a região, o comprometimento com o abastecimento da cidade se torna iminente. O jeito é combater o desperdício. E campanha nesse sentido, encetada pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) de Bocaiúva, vem sendo feita a contento, chegando ao cidadão através das ondas das rádios da cidade.

Com a chegada do Dia Mundial da Água (22 de março) e a ausência das chuvas, a conscientização dos consumidores foi cobrada ainda mais. E o povo, sentindo o drama, conforme apurado por nossa reportagem, atende ao apelo da autarquia. Um fato que chama a atenção, no entanto, é que o próprio SAAE parece tapar os ouvidos para essa realidade e acaba encabeçando a lista do desperdício de água. É como se parodiasse o velho adágio popular “faça o que falo, não faça o que faço”. Vazamentos que não são corrigidos, de acordo com moradores, são os maiores vilões do desperdício de água na cidade. Um deles, em frente à agência da Caixa Econômica Federal, por exemplo, desperdiça milhares de litros de água diariamente. “Volta e meia eles vêm aqui e dão um mel de coruja, depois o vazamento continua. Agora mesmo já tem uns três dias que a água está escorrendo sem parar”, reclamou um morador.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Scroll To Top