Home / Destaque / Acidente às 9 horas de hoje, no trevo Bocaiúva/Olhos d´Água, mata um homem, duas mulheres e deixa outra mulher ferida
Acidente às 9 horas de hoje, no trevo Bocaiúva/Olhos d´Água, mata um homem, duas mulheres e deixa outra mulher ferida

Acidente às 9 horas de hoje, no trevo Bocaiúva/Olhos d´Água, mata um homem, duas mulheres e deixa outra mulher ferida

 

Às 9 horas desta quinta-feira, 3, a colisão entre o veículo Fiat, placa HLI 9164-Governador Valadares, e a carreta MID 2016, da cidade de Campos Novos, estado de Santa Catarina, matou Jair Inácio de Oliveira, 84 anos, a sua esposa e uma filha. Uma outra filha, a que dirigia o Fiat, está internada e o seu estado é estável.

De acordo com motoristas que passavam pelo local no momento do acidente, tudo faz crer que a mulher que dirigia o Fiat, ao cruzar a rodovia, olhou para o lado direito e se esqueceu de olhar para a esquerda. O motorista que dirigia a carreta disse que não teve como evitar a batida.

O veículo abalroado vinha de Montes Claros e se dirigia para Governador Valadares com a motorista, Zenita Inácio de Oliveira, 57 anos, e mais três passageiros: o pai, a mãe e uma irmã. Segundo a motorista, a única que estava consciente, dirige há 40 anos e nunca tinha se envolvido em nenhum acidente. O motorista da carreta nada sofreu.

O homem estava no banco traseiro do Fiat e morreu na hora do acidente. A motorista, a irmã e a mãe foram socorridas por uma equipe do Samu. Uma delas morreu dentro do veículo, outra morreu minutos depois de chegar ao hospital e a outra (motorista) se encontra internada, em estado estável.

O acidente aconteceu quando a motorista do Fiat, que vinha de Montes Claros e ia para Governador Valadares, no trevo Bocaiúva/Olhos d´Água, deixava a BR-135 para entrar na estrada que liga Bocaiúva a Diamantina. A carreta, que vinha sentido Montes Claros/Belo Horizonte, bateu na lateral do Fiat, na parte onde estavam o homem e uma das filhas. A mãe da motorista, Ronilde Pereira de Oliveira, 77 anos, estava sentada ao seu lado e não resistiu aos ferimentos, morrendo a caminho do hospital; a irmã, Silvana Inácio de Oliveira, 47 anos, morreu minutos depois de chegar ao hospital A motorista estava consciente e pedia insistentemente ao povo que se aglomerou no local para cuidar do pai dela, que nessas alturas já estava morto e ela não sabia, achava que ele estava apenas desacordado. Uma pessoa, a pedido da motorista, ligou para os parentes das vítimas, em Montes Claros. Duas viaturas do SAMU com vários profissionais, além do resgate da Polícia Rodoviária Federal, estiveram no local e prestaram todas as assistências necessárias.

 

DSC08710

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Scroll To Top